segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Moqueca e arroz de moqueca

Hoje a receita não foi feita por mim e sim pelo Wesley, meu noivo. Ele cozinha super bem e amo a moqueca e o arroz de mariscos que ele faz, por isso pedi para ele ensinar para vocês.


"Recentemente descobri em uma brincadeira de perguntas e respostas, onde guardamos as respostas sobre o outro para o futuro (na verdade para ela me cobrar o que ela escreveu, rsrsrs,brincadeira.
 
 Descobri que um dos pratos que faço, está na lista de favoritos da Nane. Pois é, eu nunca vi ninguém fazer, nem sei como surgiu a ideia.
 
 Ele se chama Arroz de Moqueca, e gostaria de dividir com vocês a receita, claro, se passar no controle de qualidade dos posts do VOVÓ QUE ENSINOU.



Todos já devem saber que o para o arroz ficar bem molinho e bem cozido deve ser feito em duas águas, ambas mornas.
 
 No decorrer do preparo da moqueca, que não deve ser feita com água, pois os tomates, a água do peixe temperado e do limão, são suficientes.
 
 Assim que a moqueca estiver adiantada, no ponto em que se acrescenta o peixe, o volume de água vai subir. Nesse momento você começa a fazer o arroz. Que já deverá estar lavado e seco. 
 
 Para o preparo, você vai começar com o alho bem moído, nada de socar o alho, de preferência moído mesmo para não ficar pedacinhos na hora de comer. Alho demais não faz mal, coloque uma quantidade razoável, algo como uma colher e meia.
 
 Depois esquente a água, não a ponto de ferver. Coloque óleo, deixe ficar bem quente. Jogue o alho e deixe-o fritar bem.
 
 Nesse tempo, a moqueca já estará bem uniforme. Ou seja, seu caldo estará com o gosto do tempero e do peixe. 
 
 Assim que o alho estiver bem amarelinho, jogue o arroz. E alguns fios de azeite para não grudar. Não óleo, pois óleo demais não é bom para o coração. Use mais azeite. Jogue a água morna depois e deixe ferver bem. Nesse cozimento, você vai jogar os camarões, que estarão de molho no limão. Eles vão cozinhar junto com o arroz. Lembre-se, camarão cozinha muito rápido. Sempre coloque o camarão por último, senão ele encolhe, fica duro e sem sabor.
 
 Quando o arroz secar, ficará branquinho e o camarão vermelhinho. Nesse ponto, você vai pegar aquele caldo da moqueca e jogar no arroz, até passar uns dois dedos. E vai cozinhar o arroz de novo, junto com o camarão e os temperos da moqueca que caíram junto com a água.
 
 Deixe secar, não muito, afinal o arroz já está cozido e camarão também. Quando perceber que ele está soltinho e bem vermelhinho, com o sabor da moqueca. Sirva.
 
 O ideal é comer na hora. Mas de um dia para o outro fica muito bom. 
 
 Fica aí a dica. Um abraço a todos. Nane, é bom ver você de volta ao Blog. Sucesso e inspirações para continuar este trabalho gostoso que faz aqui".

7 comentários:

Wesley disse...

LEGAL ESTA RECEITA. HUMMM, PARABÉNS PARA O SEU NOIVO.

Alessandra disse...

Olá como vai , estou dando uma passadinha por aqui para ver como tudo anda e aproveito para desejar um feliz natal e muito sucesso , até mais

Anônimo disse...

Parece ser muito boa, mas se o camarão estivesse sem casca seria melhor?

Boas festas.

Magazine das Redes disse...

Essas receitas parecem otimas parabéns pelo Blog

redes de proteção telas de proteção rede de proteção

Josy disse...

Nane passando para deixar votos dse um Feliz Natal e um Ano Novo com muita paz, saúde e prosperidade junto aos seus.Bjos
Belo prato, amo camarões

Preguiça ;-) disse...

Dei uma passadinha, para lhe desejar um Feliz Natal para si e para a sua família. Beijinhos.

Alessandra disse...

Olá amiga como vai , vim convidar vc para o sorteio
que estou fazendo no blog , vem dar uma espiadinha
http://vivendoartes-aleartes.blogspot.com.br/2012/12/sorteio-em-parceria-com-mococa.html
até mais

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails