segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Fusilli ao molho de berinjela





Não preciso dizer que amo massas e que também acho a refeição mais prática de fazer. No caso eu usei 500g de Fusilli com três estrias (padrão italiano), também chamado de macarrão parafuso.
Forma de fazer a mesma de sempre: encher panela com água, fiozinho de óleo ou azeite, pouco sal, quando ferver coloca a massa, dá uma conferida com um garfo para ver se está grudando, ou se está ao ponto. Dá uma provadinha para ver se está duro ou utiliza aquela dica de jogar na parede e ver se gruda, rs... se grudar, está pronto. Escorre, coloca em um refratário e joga o molho em cima. O meu foi preparado de berinjela, sem conservantes. Bom, mas gostei muito mais do outro, de cogumelos.
Existe diferença em relação ao fusilli, que é uma massa curta e o que o difere são as estrias, que são as voltinhas que tem na massa. Ou seja, o fusilli pode ser: fusilli com duas estrias, fusilli tricolore (vegetais), fusilli mini e fusilli com três estrias. Mas isso não influencia tanto, somente é uma questão de gosto ao formato que você prefere, porque o sabor está mais relacionado com o tipo de massa.
As massas podem ser:
- massa comum (farinha de trigo e água);
- massa de sêmola (farinha de trigo mais nobre, tb conhecida como farinha tipo 1, a massa fica um pouco mais clara);
-  massa com ovos (adição de três ovos por quilo de farinha);
-  massa grano duro (feita com trigo durum, fica naturalmente al dente - minha preferida!);
-  massa integral (com farinha de trigo integral, contendo mais fibras, ideal para quem está de dieta, dá sensação de saciedade);
-  massa com vegetais (são aquelas coloridinhas, pq foram acrescentados vegetais como: beterraba, cenoura, espinafre...);
-  a maravilhosa massa caseira, que pode ser tanto com ou sem ovos, e que tem maior absorção dos molhos geralmente, e sua qualidade depende do tipo de trigo que se usa.
- massas instantâneas (macarrão pré cozido que se prepara jogando água fervente. Ah, vai dizer que você nunca comeu miojo ou cup noodles?);
- massas frescas (feitas com ovos e semolina de trigo, parte mais nobre do trigo, deixando a massa leve);
- massas pré cozidas (passam por processo de cozimento ao vapor ou em tacho de água fervente. O amido se gelatiniza, depois passa pela secagem. É ótima no preparo por ser rápida, pois só precisa reidratar para comer).

8 comentários:

Fabiana disse...

Delícia de massa Nane! Nem conhecia esse molho! Bjs

A Autora do blog disse...

Que óptima sugestão!
Ficou muito apetitosa essa massa.

http://asvezescozinheira.blogspot.com

Renata disse...

Muito gostoso, é um dos meus cortes de massa preferidos!

Fácil de fazer, e de comer! rsss

Abraço,
Renata
http://eternosprazeres.blogspot.com

Danieli disse...

Também não conhecia esse molho pronto. Ótima dica!

Rachel disse...

Hummm, já contei que sou maluca por macarrão...não posso passar uma semana sem devorar um pratinho, porque senão fica parecendo que falta alguma coisa, sabe como é?!
Esse molho não conheço ainda, boa dica!
Bjuss!!!

Fla disse...

Olha que prático,não conheço esse molho, vou dar uma olhada.
Bjs

Maria Inês Feijó disse...

Parece ficar ótimo!!Bjs

welze disse...

esse de beringela ainda não comi, será a próxima experiência.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails